Fechar menu lateral

FAU

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)

Unidade Acadêmica/Juiz de Fora

 

A FAU oferece atividades de graduação teóricas e práticas nas salas de aulas convencionais e em laboratórios didáticos, além de atividades de pesquisa, intercâmbio, extensão e outras (Foto: Gabriela Maciel/UFJF)

Contatos e horários

Sítio eletrônico: www.ufjf.br/fau/

E-mails:
secretaria.fau@ufjf.edu.br
direção.fau@ufjf.edu.br
coord.arquitetura@ufjf.edu.br

Telefones:
(32) 2102-3359 (secretaria da unidade)
(32) 2102-6307 (coordenação de graduação)
(32) 2102-3403 (com ramais para gabinetes e laboratórios)

Endereço: Universidade Federal de Juiz de Fora – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) – Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-900 – Juiz de Fora/MG.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, de 7h às 19h.

 

Breve descrição dos serviços prestados:
A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) oferece atividades de graduação nas suas áreas de competência profissional conforme prescrito pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-BR), tendo como princípios fundamentais a excelência acadêmica, a ética, a cidadania e a humanização. As atividades são teóricas e práticas e ocorrem em salas de aulas convencionais, em laboratórios didáticos, bem como por meio de atividades extraclasse, tais como visitas técnicas in loco, entre outras. Há cotidianamente atividades de extensão, pesquisas, treinamento profissional etc..

Discentes e docentes da FAU realizam tais atividades de orientações, investigação científica, atividades técnico-profissionais, todas por meio de diversos projetos junto a órgãos de fomento, com e sem apoio institucional e por meio de convênios com as redes pública e privada, com interface e interesse da arquitetura e urbanismo de Juiz de Fora e região, e que propiciam trabalhos acadêmicos e colaborativos em cenários externos. Participante de programas de intercâmbio, não é incomum na FAU enviar e receber alunos oriundos de convênios institucionais nacionais e estrangeiros.

Ao nível de pós-graduação stricto senso, há a participação e colaboração de professores em docência, orientação e pesquisas. Ao nível de pós-graduação lato senso, já ocorreu a elaboração e colaboração de professores em docência e orientação. A FAU também promove de forma recorrente eventos acadêmico-científicos, nos formatos de cursos, jornadas, simpósios e congressos e educação continuada.

 

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados). 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), redes sociais, cartas.

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), redes sociais, cartas.

 

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Em resumo: os serviços da FAU são destinados prioritariamente aos estudantes matriculados em cursos de graduação em arquitetura e urbanismo, mas também estão abertos aos demais estudantes da UFJF, regularmente matriculados em cursos de graduação e pós-graduação. Os docentes e demais servidores da FAU são igualmente prioritários. Tal qual os estudantes, os serviços estão abertos aos demais docentes e servidores da UFJF. Atendimento a outras instituições de ensino, pesquisa e extensão, são uma terceira linha daqueles que podem demandar serviços junto a FAU, entretanto, desde que com alguma formalização de relações.

 

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Para o público interno da FAU, já há uma série de ações institucionalmente pré-estabelecidas (demandas discentes e docentes de laboratório, usos de equipamentos especiais etc.) por meio do desenvolvimento regular das atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Para agentes de outras unidades acadêmicas, ou administrativas, da UFJF, regularmente há um contato prévio, para saber da possibilidade de atendimento da demanda, e depois a formalização por e-mail, ou ofício, para agendamento e prestação do serviço.

Para instituições públicas, o relacionamento se dá através de mecanismos formais de convênios e parcerias, ou equivalentes. Está se entendendo como pública qualquer instituição de governo nos três níveis (municipal, estadual e federal) e que atuem tanto no Executivo, Legislativo e Judiciário.

Instituições de ensino e organizações sem fins lucrativos (organizações não-governamentais, organizações sociais, fundações e outras assemelhadas), o relacionamento se dá através de mecanismos formais de convênios e parcerias, ou equivalentes já existentes na UFJF.

Empresas e pessoas das comunidades, sob análise das condições de atendimento da demanda, dentro das formalidades institucionais do serviço público, poderão ser atendidas por meio de projetos específicos de pesquisa e desenvolvimento e de prestação de serviços, mediante formalização e financiamento das ações.

Cabe salientar que todas as demandas não oriundas de atividades próprias da FAU só serão encaminhadas se não apresentarem conflitos que impliquem em redução da qualidade do ensino, pesquisa e extensão que regularmente ocorrem sob orientações de docentes e discentes da unidade.

 

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
A depender de cada caso

Prioridade no atendimento:
(1) Atividades de ensino, pesquisa e extensão de servidores e discentes diretamente vinculados à FAU;
(2) atividades de ensino, pesquisa e extensão de servidores e discentes vinculados à UFJF;
(3) instituições públicas, de ensino e organizações sem fins lucrativos;
(4) demanda espontânea de empresas e pessoas da comunidade.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
A depender de cada caso.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Serviços de secretaria, coordenação de graduação e atendimento em laboratórios.

 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
Para serviços intra FAU e UFJF, as demandas têm seus calendários próprios com prazos pré-estabelecidos.
Para demais demandas, os prazos são em função do cumprimento das etapas e atividades em realização e acordados com os parceiros externos.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
Os mecanismos usuais são e-mail institucional, redes sociais e agendamento de reunião.

 

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Os mecanismos usuais são troca de e-mail institucional, informações do serviço nas redes sociais e agendamento de reunião para acompanhamento da solicitação. 

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Divulgação de informações no canais de comunicação da UFJF e do setor; divulgação de informações em redes sociais; sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), emails.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
A unidade tem mecanismo de informação em todos acessos aos seus ambientes, com indicativo de número de sala e nomes dos laboratórios, ocupantes de gabinetes, núcleos de pesquisa etc.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
A FAU tem acessibilidade aos ambientes, não apresenta desníveis nem acesso aos pavimentos sem rampas; o serviço de limpeza é contratado pela UFJF e há boas condições de conforto em seus diversos aspectos.

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Utilização de contato por redes sociais e e-mail institucional.

 

(Informações atualizadas em 28/04/2021, às 17h45)