Fechar menu lateral

Pós-Graduação e Pesquisa

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (Propp)

Unidade Administrativa/Juiz de Fora

Sumário – Setores

a) Administrativo e suporte

  1. Assessoria Acadêmica

  2. Secretaria Administrativa

b) Gerências

  1. Gerência de Compras

  2. Gerência de Lato Sensu

  3. Gerência de Bolsas de Graduação

  4. Gerência de Bolsas de Pós-graduação

c) Comitês e Comissões

  1. Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos

  2. Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA)

d) Espaços vinculados

  1. Centro de Pesquisas Sociais

  2. Editora da UFJF


a) Administrativo e Suporte

a.1. Assessoria Acadêmica

Contatos e horários

Sítio eletrônico: https://www.ufjf.br/propp/
E-mail: assessoriaacademica.propp@ufjf.edu.br
Telefone: (32) 2102-3785

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 19h30.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
– A Assessoria Acadêmica da Propp é responsável por analisar se os editais de seleção para ingresso nos cursos de mestrado e doutorado dos programas de pós-graduação (PPGs), as mudanças curriculares e outras normas relativas à pós-graduação estão em conformidade com as legislações vigentes, principalmente da UFJF.
– Paralelamente, gerencia a execução das defesas dos trabalhos finais dos cursos de pós-graduação, através do sistema de validação de atas e posterior homologação dos eventos.
– Além disso, monitora a abertura de novos cursos de mestrado e doutorado por meio dos Aplicativos de Propostas de Cursos Novos (APCN), de Minter/Dinter e de cursos na modalidade lato sensu (especializações).
– Também regula o credenciamento e recredenciamento de docentes nos PPGs e presta apoio às demandas dos PPGs e pesquisadores.
– Por fim, atende o público em geral com questões relativas aos cursos de pós-graduação da Instituição.

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Varia de acordo com a natureza do serviço acessado. Para a solicitação de análise de editais, por exemplo, é necessária a abertura de processo por meio do Siga, assim como para criação de novos cursos. Em geral, para os demais serviços, é necessário o envio de e-mail, memorando ou ofício.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
A depender do serviço requisitado.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
A depender do serviço.

Prioridade no atendimento:
Ordem de chegada da demanda e/ou atendimento presencial previamente agendado.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
Em média, um dia, por e-mail; e atendimento imediato, quando presencial ou por telefone.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Princípio da Urbanidade é a base do tratamento a ser dispensado aos usuários.

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
Etapas e prazos previstos em Procedimentos Operacionais Padrão – POPs disponibilizados no SEI.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
Registro da demanda em processo próprio via Siga ou SEI.

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Consulta ao processo que poderá ser via Siga ou SEI. 

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), emails, e telefonemas.

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
Placas indicativas no Prédio da Reitoria

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
Seguem o padrão do Prédio da Reitoria 

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Recebimento da demanda por e-mail (telefone e presencial suspensos devido ao enfrentamento à pandemia)

(Informações atualizadas em 09/06/2021, às 15h00)

Voltar ao Sumário


 

a.2. Secretaria Administrativa

Contatos e horários

Sítio eletrônico:
www.ufjf.br/propp

E-mail:
propp@ufjf.edu.br
info.propp@ufjf.edu.br

cspp@ufjf.edu.te
site.propp@ufjf.edu.br

Telefone: (32) 2102-3780

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 19h30.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
A Secretaria da Propp é responsável pelo atendimento ao público em geral que procura o setor, filtrando e encaminhando as demandas para os demais setores. Além disso, é responsável pela assessoria direta aos pró-reitores, cuidando de suas agendas, viagens e reuniões.

 

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Como as demandas são variadas, é necessário entrar em contato para saber se existe algum requisito.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Como são várias serviços, as etapas são variáveis. No geral, primeiro faz-se um contato, busca-se uma solução ou resposta e prontamente esta é encaminhada ao solicitante.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
A depender do tipo de serviço a ser prestado.

Prioridade no atendimento:
Normalmente as prioridades são atendidas quando agendadas. Caso não haja agendamento prévio, passa-se a ordem de chegada.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
A depender do fluxo de demanda no momento.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Todos são atendidos com educação e cordialidade. 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
A depender do serviço demandado. Em geral, não ultrapassa três dias úteis.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
O primeiro passo é fazer contato com a secretaria, seja via telefone, e-mail, presencialmente ou ainda via Sistemas internos (SEI).

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Caso a solicitação tenha sido feita no SEI, o andamento pode ser consultado no próprio sistema. Em outros casos, o andamento é consultado diretamente com quem atendeu a demanda. 

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Divulgação de informações no canais de comunicação da UFJF e do setor; sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), e-mails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
Por conta da recente mudança de sala, ainda não há sinalização visual.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
O acesso à sala é feito sem degraus e há espaço para circulação de cadeiras de rodas. O usuário é atendido em local limpo e com relativa privacidade.

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Somente estão disponíveis presencialmente, em condições habituais de atendimento.

 

(Informações atualizadas em 20/05/2021, às 16h11)

Voltar ao Sumário


 

b) Gerências

b.1. Gerência de Compras

Contatos e horários

Sítio eletrônico: https://www.ufjf.br/propp/

E-mail:
ctinfra.ufjf@gmail.com
scdp.propp@ufjf.edu.br

Telefones:
(32) 2102-3766
(32) 2102-3880
(32)2102-3785

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h30 às 19h30.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
– Realização de compras e solicitação de serviços de reparos e manutenção em equipamentos com verbas internas (próprio recurso UFJF) ou verba externa (recurso Finep, por exemplo);
– Acompanhamento de projetos para atender às demandas da pesquisa na UFJF e controlar os recursos dos programas de pós-graduação destinados para viagens, assim como a realização e acompanhamento pelo Sistema de Concessão de Diárias e Passagens (SCDP).

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente.

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Variam conforme o serviço.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
A depender do serviço requerido.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
Como os serviços variam, é necessário consultar o setor para indicação de prazo.

Prioridade no atendimento:
Prazos limites ou urgência nas demandas. Não existindo nenhuma dessas situações, cumpre-se a ordem de recebimento da solicitação.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
O atendimento às solicitações varia de acordo com a demanda da Propp, bem como da complexidade do serviço solicitado. É de praxe retornar o contato do solicitante o mais brevemente possível a fim de, inclusive, informar o tempo necessário e a viabilidade de realização do serviço solicitado.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Os usuários, via de regra, são prontamente atendidos e, minimamente, instruídos com relação aos prazos e documentação necessária para que o serviço solicitado possa ser realizado. Caso faça-se necessário, outros contatos são feitos a fim de que as dúvidas sejam sanadas e o serviço possa ser executado, se for o caso. 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
A depender da solicitação, os prazos, bem como as etapas necessárias para a realização do serviço podem variar bastante. Cabe ao solicitante apresentar todas as informações e documentos necessários para pleitear a realização do serviço. O prazo de execução pode alterar de acordo com o fluxo das demandas da Propp, do tipo de serviço solicitado, principalmente se depender de terceiros, da tramitação em outras pró-reitorias e também da dependência do fluxo de trabalho de fundações, como a Fadepe e de Financiadoras de pesquisa, como a Finep.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
Quando recebemos uma sugestão ou mesmo uma reclamação, as mesmas são apresentadas à coordenação e, se for o caso, levada ao conhecimento da Propp através de uma reunião.

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Os usuários dos serviços da Propp, quando necessário, podem contatar a Pró-reitoria através do SEI, dos e-mails disponibilizados, bem como através dos ramais telefônicos da Propp.

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), emails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
A Gerência de Compras está fisicamente situada no prédio da Reitoria, na sala da Propp. Acredito que a sinalização visual seja satisfatória.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
A Gerência de Compras está fisicamente situada no prédio da Reitoria. A limpeza e o conforto, tanto para os usuários do serviço quanto para os servidores e bolsistas do setor estão dentro do esperado. A acessibilidade é a presente no prédio da reitoria, que conta com rampas e demais sinalizações, a fim de melhor atender ao público que demande tais recursos, como a Propp fica no primeiro piso do prédio, facilita a acessibilidade dos usuários e funcionários.

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Os usuários, na falta do sistema informatizado, podem acessar a Pró-reitoria presencialmente para solicitar o serviço, entretanto, neste momento de pandemia, tal solução torna-se inviável.

(Informações atualizadas em 08/06/2021, às 15h07)

Voltar ao Sumário


b.2. Gerência de Lato Sensu

Contatos e horários

Sítio eletrônico: https://www.ufjf.br/latosensu/
E-mail: latosensu.ufjf@gmail.com
Telefones: (32) 2102-3773

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h3o às 19h30.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
– Análise de Processos de Criação ou Reoferecimento de Cursos de Especialização/MBA/Aperfeiçoamento e Formação Continuada;
– Encaminhamento à Progepe dos alunos contemplados com a reserva de 10% das vagas, nos cursos em que haja pagamento de contraprestação pecuniária, para os servidores da UFJF;
– Conferência da documentação de matrícula a ser encaminhada à Cdara;
– Envio à Cdara do Relatório Final dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e Formação Continuada, após o encerramento do curso;
– Envio das Monografias ou Trabalhos de Conclusão de Curso de Especialização/MBA à Biblioteca Central;
– Participação nas reuniões da Comissão Administrativa e Financeira dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e Formação Continuada;
– Gerenciamento dos processos dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu que tramitam pelo Conselho Setorial de Pós-Graduação e Pesquisa (CSPP);
– Manutenção do Banco de Dados do Guia do Estudante relativo aos cursos de Especialização/MBA da UFJF;
– Manutenção dos dados relativos à Pós-Graduação Lato Sensu no portal da UFJF;
– Manutenção do Banco de Dados do MEC relativo ao Cadastro Nacional de Oferta de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (e-MEC);
– Elaboração e divulgação do edital contendo as orientações e cronograma para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu aos servidores (docentes e técnico-administrativos da UFJF aptos a coordená-los);
– Atendimento presencial, telefônico ou por e-mail aos interessados em se inscrever nos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e Formação Continuada da UFJF;
– Atendimento às demandas do Serviço de Informação ao Cidadão – SIC;
– Encaminhamento à Fadepe das planilhas financeiras aprovadas pela Comissão Administrativa e Financeira dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e demais dados e documentos definidos pela referida Comissão.

Público ao qual se destina:
– Proponentes de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e Formação Continuada;
– Interessados em se inscrever nos referidos cursos e seus egressos;
– Equipe responsável pelo Banco de Dados do MEC relativo ao Cadastro Nacional de Oferta de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (e-MEC);
– Equipe responsável pela publicação “Guia do Estudante”;
– Equipe da Gerência de Matrícula e Controle Acadêmico da Pós-graduação/Cdara,
– Equipe da Biblioteca Central.

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), redes sociais.

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
1) Interessados em se inscrever nos cursos de pós-graduação Lato Sensu e Formação Continuada e seus egressos: A princípio não é necessária a apresentação de documentos; basta a pessoa se identificar e descrever sua solicitação, preferencialmente por e-mail, para a verificação da possibilidade de atendimento.
2) e-MEC; Guia do Estudante; Cdara; Biblioteca Central; Fadepe e Serviço de Informação ao Cidadão (SIC): Documentos/formulários fornecidos pelos respectivos setores.
3) Proponentes de cursos de pós-graduação Lato Sensu e Formação Continuada: Formulário para criação de curso de pós-graduação lato sensu ou formação continuada; Formulário CD-01, para cada disciplina criada; Planilha Financeira (Fadepe)

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Disponíveis nos POPs do SEI.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
A depender do tipo de demanda.

Prioridade no atendimento:
Ordem de chegada da demanda e/ou atendimento presencial previamente agendado.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
Em média, um dia, por e-mail; e atendimento imediato, quando presencial ou por telefone.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Princípio da Urbanidade é a base do tratamento a ser dispensado aos usuários. 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
Etapas e prazos previstos em Procedimentos Operacionais Padrão – POPs disponibilizados no SEI.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
Registro da demanda em processo próprio via Siga ou SEI.

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Consulta ao processo que poderá ser via Siga ou SEI

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
E-mails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
Placas indicativas no Prédio da Reitoria.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
Seguem o padrão do Prédio da Reitoria. 

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Recebimento da demanda por e-mail (telefone e presencial suspensos devido ao enfrentamento à pandemia).

 

(Informações atualizadas em 08/06/2021, às 14h55)

Voltar ao Sumário


b.3. Gerência de Bolsas de Graduação

Contatos e horários

Sítio eletrônico: ufjf.br/propp/

E-mails:
pesquisa.propp@ufjf.edu.br
bolsas.propp@ufjf.edu.br
semic@ufjf.edu.br

Telefones*:
(32) 2102-3784
(32) 2102-3778
* Por conta da pandemia, o atendimento tem sido feito apenas de modo remoto através de e-mail.

Endereço:
Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-900 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19h30 (por conta da pandemia, o atendimento tem sido feito apenas de modo remoto através de e-mail).

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
Em relação às bolsas de Iniciação Científica destinadas à graduação, os serviços prestados envolvem:
– Elaboração, revisão e implementação de editais internos de distribuição de bolsas de iniciação científica para docentes da instituição.
– Organização do processo de avaliação dos projetos junto aos comitês assessores.
– Publicação dos resultados e cadastramento dos alunos.
– Gerenciamento das cotas institucionais de agências externas de fomento (atualmente, o CNPq).
– Desligamento e substituição de alunos de iniciação científica.
– Emissão das folhas de pagamento do Programa BIC-UFJF envolvendo, além dos pagamentos corretamente atestados pelo Siga, a inclusão de pagamentos solicitados retroativamente
– Emissão de declarações e certificados para alunos e para docentes que orientaram bolsistas e/ou voluntários de programas vinculados à Propp.
– Organização do Seminário de Iniciação Científica (Semic), evento anual de participação obrigatório a alunos de IC.
– Gerenciamento dos formulários de avaliação final dos alunos de IC, atualmente, preenchidos pelos respectivos orientadores.  

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Variam de acordo com a natureza do serviço acessado:*
– Inscrições em editais de bolsas e no Semic são realizadas através do Siga;
– Para implementação, substituição e cancelamento de bolsas de IC, é necessário o encaminhamento da documentação correspondente e disponível no site, presencialmente ou através de e-mail;
– Pagamentos retroativos são solicitados através de formulários preenchidos no site;
– Pedidos de declarações e/ou certificados para alunos são feitos junto à Central de Atendimentos;
– Pedidos de declarações de orientação para docentes são feitos através de e-mail.
* Por conta da pandemia, o atendimento tem sido feito apenas de modo remoto através de e-mail.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
As etapas podem variar de acordo com o serviço. Sugerimos entrar em contato.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
Os pedidos de documentos referentes à bolsas de Iniciação Científica levam, em média, dez dias úteis.

Prioridade no atendimento:
Ordem de chegada da demanda segundo a respectiva categoria do serviço.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
O atendimento é realizado assim que o solicitante entra em contato.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Os usuários são atendidos com distinta cordialidade e atenção. 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
Recebemos pedidos de certificados, declarações, substituições, desligamentos e indicações de bolsistas segundo normas estipuladas em editais, em fluxo contínuo.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
O usuário pode encaminhar um e-mail para pesquisa.propp@ufjf.edu.br.

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Quando a solicitação é encaminhada por e-mail, não há processo de acompanhamento; a demanda é atendida e enviada ao solicitante.

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Divulgação de informações no canais de comunicação da UFJF e do setor; sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), emails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
Não há sinalização visual na Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
O acesso à sala é feito sem degraus e há espaço para circulação de cadeiras de rodas. 

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Somente estão disponíveis presencialmente, em condições habituais de atendimento.

 

Outras informações:
A Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa gerencia e organiza as informações e operações relativas às bolsas de iniciação científica da graduação. A seleção dos bolsistas, no entanto, é de competência exclusiva dos docentes contemplados pelos editais de bolsas.

 

(Informações atualizadas em 07/06/2021, às 17h09)

Voltar ao Sumário


b.4. Gerência de Bolsas de Pós-graduação

Contatos e horários

Sítio eletrônico: ufjf.br/propp/
E-mail: bolsaspg.propp@ufjf.edu.br
Telefone: (32) 2102-3775

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19h30.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
A Gerência de Bolsas de Pós-graduação é responsável por todas e quaisquer alterações de bolsas, concedidas pela Capes, pela Fapemig e pela UFJF, pertinentes aos programas de pós-graduação, o que contempla as etapas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

Público ao qual se destina:
Coordenações e secretarias de programas de pós-graduação; professores dos PPGs e alunos de pós-graduação.

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Varia de acordo com a natureza do serviço acessado. Para alterações de bolsas, por exemplo, é necessário o encaminhamento de toda a documentação pertinente exigida pelas agências de fomento, via SEI. Os demais serviços são prestados mediante encaminhamento de e-mail e/ou comparecimento presencial.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Como são demandas específicas, as etapas podem variar.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
Como são demandas específicas, o prazo para o atendimento vai depender de cada caso.

Prioridade no atendimento:
Ordem de chegada da demanda e/ou atendimento presencial previamente agendado.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
Como são demandas específicas, o prazo para o atendimento vai depender de cada caso. Demandas de emissões de documentos são atendidas, em média, em até dois dias úteis; demandas de alterações de bolsas são atendidas, em média, em até cinco dias úteis.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Os usuários são atendidos com distinta cordialidade e atenção. 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
– Para emissão de documentos, a Gerência realiza as consultas pertinentes junto às agências de fomento e faz a emissão em até dois dias úteis;
– Para processos de alterações de bolsas, são necessárias as seguintes etapas:
1) conferência do processo: um dia útil
2) organização das informações de acordo com as agências de fomento: um dia útil
3) execução das operações em cada sistema: até três dias úteis.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
O usuário pode encaminhar um e-mail para bolsaspg.propp@ufjf.edu.br ou enviar um processo via Sistema Eletrônico de Informações (SEI). 

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Quando há instrução de processo no SEI, a Gerência atualiza todas as etapas no Sistema e, ao final de cada atendimento, faz um retorno sobre as operações ao setor de origem. Quando a solicitação é encaminhada por e-mail, não há processo de acompanhamento; a demanda é atendida e enviada ao solicitante. 

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Divulgação de informações no canais de comunicação da UFJF e do setor; sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), emails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
Não há sinalização visual sobre a Gerência de Bolsas na Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
A Gerência de Bolsas de Pós-graduação está situada em sala própria na Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa. O acesso à sala é feito sem degraus e há espaço para circulação de cadeiras de rodas. O usuário é atendido em local limpo e com relativa privacidade.

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Somente estão disponíveis presencialmente, em condições habituais de atendimento.

 

Outras informações:
A Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa gerencia e organiza as informações e operações relativas às bolsas de Pós-graduação. A seleção dos bolsistas, no entanto, é de competência exclusiva dos Programas de Pós-graduação.

 

(Informações atualizadas em 20/05/2021, às 15h29)

Voltar ao Sumário


c) Comitês e Comissões

c.1. Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (CEP/UFJF)

Contatos e horários

Sítio eletrônico: www.ufjf.br/comitedeetica
E-mail: cep.propp@ufjf.edu.br
Telefone: (32) 2102-3788 (apenas whatsapp durante a pandemia)

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento: 8h às 17h

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
O CEP/UFJF analisa projetos de pesquisa que envolve seres humanos, individual ou coletivamente, em sua totalidade ou partes; de forma direta ou indireta, incluindo o manejo de seus dados, informações ou materiais biológicos. Por determinação legal, devem ser submetidos à análise para aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da UFJF:

a) projetos de pesquisa que envolva investigações com seres humanos (novos fármacos, testes diagnósticos, novas técnicas, novos procedimentos, etc.);
b) projetos com levantamentos estatísticos (entrevistas, questionários, etc.);
c) projetos de extensão com interface na pesquisa;
d) estudos histopatológicos com material de arquivo.

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente.

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente.

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
Documentos devem ser enviados de acordo com a metodologia e o objetivo de cada pesquisa:
– Formulário on-line (informações básicas do projeto), preenchido diretamente no site da Plataforma Brasil, informando os dados da pesquisa. No quinto passo é obrigatório anexar um projeto de pesquisa detalhado. Este modelo só deverá ser utilizado para encaminhamentos de projetos para o CEP/UFJF. Para inscrições em editais, utilizar o modelo de projeto específico.
– Folha de rosto preenchida na Plataforma Brasil, assinada e digitalizada. Atenção aos campos de datas e assinaturas, que devem ser devidamente identificadas (o campo Instituição Proponente deverá também conter obrigatoriamente o carimbo do diretor da Unidade/Instituto).
– Em acolhimento às medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde (MS) e a fim de priorizar a saúde da comunidade com o distanciamento social, (medida considerada a mais eficiente para frear a propagação do coronavírus e a disseminação da pandemia de Covid19), a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) autoriza, em caráter excepcional, que aos documentos submetidos ao Sistema CEP/Conep que necessitam de assinatura dos responsáveis devem ser encaminhados, preferencialmente, com certificação digital ou por documento digitalizado.
– Durante o período em que estiverem instaladas as medidas de segurança para a saúde pública, serão aceitos, em caráter excepcional, os documentos necessários para a submissão dos protocolos de pesquisa preenchidos sem assinaturas. Para tanto, o pesquisador responsável deverá redigir uma declaração de próprio punho comprometendo-se a encaminhar ao CEP, por Notificação, o(s) documento(s) com as devidas assinaturas tão logo possível na Plataforma Brasil.
– Todos os cuidados éticos estão sendo tomados a fim de resguardar o sigilo e assegurar a privacidade em relação às informações tratadas na tramitação dos projetos de pesquisa.

Visando atender as singularidades metodológicas de cada pesquisa, disponibilizamos um Roteiro para auxiliar na construção do(s) TCLE(s), além de modelos que podem vir a contribuir na elaboração:
– Termo de Consentimento Livre e Esclarecido Modelo
– Termo de Assentimento Livre Esclarecido para anuência do participante da pesquisa: criança, adolescente ou legalmente incapaz Modelo.
– Termo de Consentimento Livre e Esclarecido para os responsáveis, no caso de participação de menor ou legalmente incapaz Modelo
– Declaração de infraestrutura e de concordância com a realização da pesquisa, assinada pelo responsável pelo setor/serviço onde os dados serão colhidos.
– Instrumentos de coleta de dados da pesquisa (questionários, formulários, entrevistas, roteiro e outros) devem vir em um documento em anexo (caso seja pertinente ao seu projeto).
OBS: os modelos de: Dispensa de TCLE e Termo de sigilo não são mais disponibilizados na página, pois devido às capacitações realizadas, foi discutida junto com a Coordenação e o colegiado a necessidade de um roteiro que flexibilize as metodologias de cada pesquisa.
Além de, atendermos a exigência de TCLE em pesquisas com prontuários e outros registros de dados encontra-se amparo nos seguintes dispositivos legais:
• Constituição Federal Brasileira (1988) – art.5°, incisos X e XIV;
• Novo Código Civil – artigos 20 e 21;
• Código Penal – artigos 153 e 154;
• Código de Processo Civil – artigos 347, 363, 406;
• Código de Defesa do Consumidor – artigos 43 e 44;
• Código de Ética Médica – CFM. Artigos. 11, 70, 102, 103, 105, 106, 108;
• Medida Provisória – 2.200 – 2, de 24 agosto de 2001;
• Normas da Instituição quanto ao acesso prontuário.
• Parecer CFM n° 08/2005;
• Parecer CFM nº 06/2010;
• Padrões de acreditações hospitalares do Consórcio Brasileiro de Acreditação, em particular Gl.2 – Gl 1.12;
• Resoluções da ANS. (Lei n° 9.961 de 28/01/2000) em particular a RN n° 21;
• Resoluções do CFM. – n°. 1605/2000 – 1638/2002 – 1639/2002 – 1642/2002.

Os documentos deverão ser digitalizados e submetidos via (Plataforma Brasil). A análise dos projetos de pesquisa que serão desenvolvidos no âmbito do HU-UFJF, em parte ou na sua totalidade deverá ser feita prioritariamente pelo CEP do HU-CAS (CNPJ 21.195.755/0002-40). Caso opte que seu projeto seja analisado no CEP/UFJF (CNPJ 21.195.755/0001-69) (HU-UFJF, CNPJ 21.195.755/0002-40), além da documentação de acordo com sua metodologia, também serão necessários os seguintes documentos quando da submissão para análise:
– Comprovante de Cadastro do pesquisador na Gerência de Ensino e Pesquisa;
– Comprovante de Cadastro do projeto de pesquisa na Gerência de Ensino e Pesquisa;
– Declaração de infraestrutura e orçamento aprovados pela Comissão de Viabilidade Econômica e Financeira de Projetos do HU-UFJF.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Descritos na Plataforma Brasil.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
Como são demandas específicas, o prazo para análise ética é de 30 dias.

Prioridade no atendimento:
– Nos temas de relevância pública e de interesse estratégico da agenda de prioridades do SUS, com base nos indicadores epidemiológicos, emitindo parecer, devidamente justificado, sempre orientado, dentre outros, pelos princípios da impessoalidade, transparência, razoabilidade, proporcionalidade e eficiência, dentro dos prazos estabelecidos em norma operacional, evitando redundâncias que resultem em morosidade na análise.

– Considerando a relevância do potencial impacto do Coronavírus para a sociedade brasileira, as iniciativas que visam ampliar o conhecimento sobre a epidemiologia, o diagnóstico, o tratamento e a inibição da propagação da doença estão sendo analisados em caráter de urgência e com tramitação especial, desde que,  após os projetos relacionados à Covid-19 serem submetifos à Plataforma Brasil, o pesquisador comunique ao CEP/UFJF pelo email cep.propp@ufjf.edu.br.

– As reuniões extraordinárias estão sendo realizadas semanalmente (às quartas-feiras), desde que tenham demanda. Para que os relatores possam ter tempo hábil para analisar os projetos que passarem no checklist de informações básicas e documentos que devem compor o protocolo de pesquisa são indicados até no último dia da semana (sexta-feira).

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
De um a dois dias. dependendo da demanda de atividades.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
A tramitação é toda online, desde de 2012 não há mais necessidade de entrega física dos documentos.

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
– O colegiado reúne-se uma vez ao mês (normalmente quarta quinta-feira do mês). Os projetos de pesquisa devem ser enviados com 15 dias, no mínimo, de antecedência para que possa ser realizado o checklist de informações básicas e documentos que devem compor o protocolo de pesquisa para análise ética. Em caso de estar tudo certo, serão redirecionados aos relatores que irão apresentar o seu parecer na reunião do colegiado, que é multidisciplinar, e poderá acatar ou alterar o parecer apresentado. Após a reunião o Coordenador tem sete dias corridos para liberar o parecer final. Em média, são de 30 a 45 dias para liberação de um parecer.

– PS: projetos sobre Covid-19 estão sendo analisados em reuniões extraordinárias, dependendo da demanda. Sendo fundamental que o pesquisador também avise-nos, por e-mail, o envio do projeto no sistema da Plataforma Brasil.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
Os e-mails são recepcionados pela secretária ou pelos bolsistas, (que sempre são supervisionados pela secretária) e os contatos por WhatsApp são recepcionados somente pela secretária. Os assuntos mais complexos são redirecionados para o coordenador; e quando ele acha necessário leva também ao colegiado. 

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Diretamente no sistema da Plataforma Brasil: https://plataformabrasil.saude.gov.br/login.jsf

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
E-mails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
Após a visita da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) ao CEP/UFJF, em fevereiro de 2020, houve a instrução de um melhoramento da sinalização externa do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos – CEP/UFJF, no Campus, para dar maior visibilidade e aproximar a comunidade acadêmica e/ou os participantes de pesquisa ao Comitê.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
Também após a visita da Conep, foi solicitado que tenha uma cadeira de rodas na entrada do prédio.

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
WhatsApp (32) 2102-3788.

Outras informações:
O Comitê de Ética pretende ampliar, cada vez mais, as oportunidades de oferecer palestras aos cursos interessados, procurando atingir a maior quantidade de estudantes e pesquisadores que venham a desenvolver pesquisas que envolvam seres humanos. É uma oportunidade para esclarecer dúvidas e conhecer os procedimentos necessários para a submissão de projetos de pesquisa. Recomendamos uma visita ao nosso site, onde os pesquisadores podem encontrar vários documentos de esclarecimento. Estamos à disposição de segunda a sexta, de 9h às 12h ou 13h às 17h, para contribuir com o desenvolvimento da pesquisa, acentuando ainda o papel educativo para que possam ser desenvolvidas de acordo com a resolução CNS 466/12 (Conselho Nacional de Saúde) e as resoluções complementares: cep.propp@ufjf.edu.br e WhatsApp (32) 2102-3788

(Informações atualizadas em 09/06/2021, às 14h51)

Voltar ao Sumário


c.2. Comissão de Ética no Uso de Animais (Ceua)

Contatos e horários

Sítio eletrônico: www.ufjf.br/ceua/

E-mails:
ceua.propp@ufjf.edu.br

submissaoceua.cat@ufjf.edu.br

Telefone: (32) 2102-3880

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG – Prédio da Reitoria.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 13h.
Nota: em função da pandemia, as atividades presenciais estão suspensas. Porém, as reuniões mensais têm ocorrido de forma remota. A entrega e retirada de documentos acontece on-line via Central de Atendimento, localizada no prédio da reitoria.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
A Comissão de Ética no Uso de Animais da Universidade Federal de Juiz de Fora – Ceua/UFJF é um órgão deliberativo e de assessoramento da Administração Superior da Universidade em matéria normativa e consultiva, nas questões sobre a utilização de animais (Filo Chordata, sub filo vertebrata) para o ensino e a pesquisa.

A Ceua-UFJF tem por finalidade cumprir e fazer cumprir, no âmbito da UFJF e nos limites de suas atribuições, o disposto na Lei n.º 11.794, de 8 de outubro de 2008, seu Decreto regulamentador 6.899 de 15 de julho de 2009, e nas Resoluções Normativas do Concea, referentes à criação e/ou utilização de animais para o ensino e a pesquisa, caracterizando-se a sua atuação como educativa, consultiva, de assessoria e fiscalização.

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
E-mail.

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
E-mail.

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
– Para análise de protocolos de pesquisa ou ensino é necessário o preenchimento de formulário específico, disponível para download no site da Comissão.
– Qualquer tipo de comunicação entre a Ceua e os solicitantes é realizada por memorandos enviados via Central de Atendimento ou e-mail.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Descritas na página https://www2.ufjf.br/ceua/submissao-protocolos/como-submeter-um-projeto/

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
Em média, a análise de protocolos demanda 60 dias. O prazo para outras solicitações varia de acordo com a especificidade da demanda.

Prioridade no atendimento:
Ordem de chegada da demanda e/ou atendimento previamente agendado.
Cabe destacar que as reuniões do Ceua ficam previamente agendadas. Para otimizar a análise dos projetos, sugerimos confirmar as datas das reuniões antes de enviar os protocolos: https://www2.ufjf.br/ceua/calendario-de-reunioes/

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
Devido ao fato da Ceua não possuir secretário, o atendimento depende dos docentes que compõem a comissão, mais especificamente a coordenação, ou do bolsista. Em média, dois a três dias para atendimento.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Todos os usuários são tratados com cordialidade pelo bolsista e membros da Ceua.

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
A Ceua manterá as reuniões mensais para análise dos processos. Há perspectiva de sistematização da submissão de processos pelo Concea no próximo ano, o que facilitará os trabalhos da comissão.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
As solicitações são recebidas pela coordenação da Ceua. A maioria dos questionamentos são respondidos pela própria coordenação, e casos complexos são deliberados pelo colegiado.

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Via e-mail ou CAT.

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
E-mails.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
A Ceua não tem local próprio para atuação. As dependências do Centro de Biologia da Reprodução (CBR) são utilizadas pela comissão. Não há sinalização visual na unidade para identificação da comissão.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
A Ceua utiliza as dependências do CBR que tem rampas de acesso. Para reuniões presenciais, os membros usam sala de aula do CBR. Quando há atendimento presencial, os pesquisadores utilizam as dependências da CAT para entrega e retirada de documentos.

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Por e-mail ou presencial.

 

(Informações atualizadas em 10/06/2021, às 15h04)

Voltar ao Sumário


d) Espaços vinculados

d.1. Centro de Pesquisas Sociais

Contatos e horários

Sítio eletrônico: https://www.ufjf.br/cps/
E-mail: pesquisa.cps@ufjf.edu.br
Telefone: (32) 2102-3104 (recepção)

Endereço: Rua José Lourenço Kelmer, s/n – Campus Universitário – São Pedro – CEP: 36.036-330 – Juiz de Fora/MG.

Dias e Horário de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 19h.

Breve descrição do(s) serviço(s) prestado(s):
O intuito é fornecer à comunidade acadêmica e juiz-forana diagnósticos sobre a realidade social, treinamento para realização de pesquisa científica e divulgação de informações de utilidade pública. Para tanto, o CPS fomenta um diálogo constante entre as diferentes perspectivas teóricas e metodológicas de seus pesquisadores, congregando núcleos, laboratórios e projetos de pesquisa de diferentes áreas do conhecimento científico.

Os pesquisadores e colaboradores do CPS recorrem a uma variedade de métodos de investigação, como estudos comparativos nacionais e internacionais, surveys, diagnósticos socioeconômicos, estudos de caso, etnografias, grupos focais, além de produzirem avaliações de políticas e programas sociais e assessorias a governos municipais, estaduais e federal.

Os temas versam sobre cidadania, eleições, instituições políticas, participação, governança, movimentos sociais, conflitos socioambientais, políticas públicas de saúde e educação, ação afirmativa e desigualdade racial, mudanças demográficas, crescimento e mobilidade urbanas, pobreza e vulnerabilidade, mercado de trabalho, desenvolvimento, inovação tecnológica, direitos civis, sociais, reprodutivos e culturais, juventude, religião, história, filosofia, direito e moral.

Público ao qual se destina:
Entidades públicas, terceiro setor, entidades privadas, docentes e discentes do ensino superior, público externo à UFJF.

Forma de acesso ao serviço:
Contato com a recepção/diretoria via telefone, e-mail, presencialmente.

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Contato com a recepção/diretoria via telefone, e-mail, presencialmente.

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
A princípio não é necessária a apresentação de documentos obrigatórios.

Prazo para prestação do serviço:
Como são diversas as atividades em suas especificidades, o prazo para o atendimento vai depender de cada tipo de demanda.

Prioridade no atendimento:
Ordem de chegada da demanda e/ou atendimento presencial previamente agendado.

Outras informações:
Há serviços disponíveis na página virtual do CPS para o público amplo; contudo, demais serviços devem ser demandados e acordados previamente com diretoria/conselho diretor, formalmente aprovados de acordo com os trâmites formais.

Voltar ao Sumário


d.2. Editora da UFJF

Contatos e horários

Sítio Eletrônico:
www.ufjf.br/editora

E-mail:
Secretaria: editora@ufjf.edu.br
Produção de livros: diagramacao.editora@ufjf.edu.br
Incubadora de projetos: incubadora.editora@ufjf.edu.br
Distribuição e marketing: distribuicao.editora@ufjf.edu.br

Telefones:
– Secretaria:
(32) 3229-7645
(32) 3229-7646
– Distribuição e marketing:
(32) 3229-7637

Endereço:  Rua Benjamin Constant, 790, Centro – Juiz de Fora (MG); CEP 36015-400

Dias e horários de funcionamento:
De segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 19h.

Breve Descrição do(s) Serviço(s) Prestado(s):
Produção editorial (revisão, editoração gráfica, impressão e acabamento de livros e periódicos científicos).

A Editora da Universidade Federal de Juiz de Fora foi criada na década de 1980. É filiada à Associação Brasileira de Editoras Universitárias (Abeu) e participa do Programa Interuniversitário de Distribuição do Livro – PIDL. Nos seus 30 anos de existência, editou mais de 600 títulos. Em seu catálogo encontram-se disponíveis para comercialização cerca de 400 títulos.

A Editora da UFJF  recebe novos originais para avaliação e publicação através de dois sistemas:
(a) por meio de editais de apoio à publicação e que são abertos anualmente e
(b) em fluxo contínuo, com financiamento externo, com recursos recebidos de agências de fomento à pesquisa e à extensão.

Toda obra, para ser publicada pela Editora, precisa, além disso, passar pela avaliação do Conselho Editorial da UFJF, composto por professores da Universidade, responsáveis por garantir a qualidade das publicações. A Editora tem, como  missão, contribuir para a difusão do conhecimento produzido na Universidade.

Público ao qual se destina:
Comunidade Acadêmica (Discentes, docentes, TAEs e terceirizados) e público externo. 

Forma de acesso ao serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Forma de comunicação com o solicitante do serviço:
Telefone, e-mail, presencialmente, sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc).

Requisitos e documentos necessários para acessar o serviço:
A Editora da UFJF recebe novos originais para avaliação e publicação através de dois sistemas:
(a) por meio de editais de apoio à publicação e que são abertos anualmente
(b) em fluxo contínuo, com financiamento externo, com recursos recebidos de agências de fomento à pesquisa e à extensão.
– Toda obra, para ser publicada pela Editora, precisa, além disso, passar pela avaliação do Conselho Editorial da UFJF, composto por professores da Universidade, responsáveis por garantir a qualidade das publicações. A Editora tem, como missão, contribuir para a difusão do conhecimento produzido na Universidade.

Principais etapas para o processamento do(s) serviço(s):
Como os serviços variam bastante, cada um tem etapas específicas.

Previsão do prazo máximo para prestação do(s) serviço(s):
As demandas são muito variadas, portanto, os prazos também.

Prioridade no atendimento:
Por ordem de chegada ou agendamento prévio.

Previsão do tempo de espera para o atendimento:
O primeiro atendimento é realizado em poucos dias e dele decorrem as especificidades de cada demanda.

Tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento:
Os usuários são atendidos com cordialidade, respeito e atenção às suas demandas. 

Etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização do(s) serviço(s), incluídas estimativas de prazos:
As produções editoriais, por características próprias, possuem etapas e prazos diversos.

Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações:
Sugestões e reclamações devem ser encaminhadas ao e-mail da secretaria (editora@ufjf.edu.br) e serão repassadas à direção e aos setores responsáveis. Se necessário, será agendada uma reunião para acolhimento da demanda.  

Mecanismos de consulta, por parte dos usuários, acerca do andamento do(s) serviço(s) solicitado(s) e eventual manifestação:
Os usuários podem acompanhar o andamento dos serviços por contato telefônico ou por e-mail.

Mecanismos de comunicação com os usuários do(s) serviço(s):
Divulgação de informações no canais de comunicação da UFJF e do setor; sistemas internos on-line (SEI, Siga, etc), emails, e telefonemas.

 

Elementos básicos de sistema de sinalização visual da unidade de atendimento:
A Editora não dispõe de um sistema de sinalização visual.

Condições de acessibilidade, limpeza e conforto:
A Editora não dispõe de condições de acessibilidade arquitetônica, embora esteja localizada em espaço térreo. Sugerimos que o solicitante cadeirante faça um primeiro contato por telefone ou e-mail para que a equipe possa adaptar o atendimento às suas necessidades. Para acessibilidade comunicacional, há uma servidora com fluência básica em Libras na secretaria.  

Procedimentos para atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível:
Atendimento por telefone ou presencialmente. As tarefas que dependem do uso de sistemas serão anotadas para posterior execução.

(Informações atualizadas em 20/05/2021, às 16h24)

 Voltar ao Sumário