Fechar menu lateral

Em Rede promove Clubes de Conversação como preparativo para o Global July

Para romper com a insegurança em relação aos idiomas estrangeiros em que são ministrados os cursos do Global July, o Núcleo Em Rede promoverá, na próxima semana, para os inscritos nesta edição, dois dias de imersão dedicados à prática de conversação em inglês, francês, italiano e espanhol. Os encontros serão on-line a fim de possibilitar que o maior número de pessoas participe, e serão conduzidos por estudantes que fazem parte do Núcleo Em Rede. Para se inscrever o interessado deve preencher este formulário.

O Núcleo Em Rede é um projeto voluntário, realizado por estudantes da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com o apoio da Diretoria de Relações Internacionais (DRI), que organiza e dispõe para a comunidade acadêmica atividades com a temática da internacionalização. Os Clubes de Conversação (CC’s), em diferentes idiomas, são uma das modalidades oferecidas pelo núcleo no espaço da DRI. Confira o calendário de julho.

De acordo com Camila Santos, ex-mediadora do Clube de Conversação de Italiano, a incerteza ao participar de atividades em idioma estrangeiro é natural, mas não deve ser um impedimento para viver a experiência proporcionada pelo maior programa de internacionalização em casa da UFJF, ou seja, a comunidade acadêmica pode ter uma vivência com outras culturas, outras línguas e outras formas de conhecimento sem fazer intercâmbio ou sair do próprio campus. ‘’Muitos alunos se sentem receosos devido à barreira linguística durante o Global July, mas aos poucos elas são superadas durante o curso. Nós queremos aumentar o nível de confiança dos inscritos”.

Pensando nessa apreensão incial causada pela barreira idiomática, o Em Rede quer possibilitar de maneira informal e lúdica um “intensivão” de práticas nos idiomas disponíveis. Serão dois dias, terça e quinta, sendo o primeiro dedicado ao francês e inglês, 17h e 18h, respectivamente. Na quinta, será a vez do  italiano, às 16h, e do espanhol, às 17h. Os encontros serão conduzidos pelos mesmos mediadores de cada idioma dos Clubes de Conversação da programação anual.

Renato Knopp, estudante de Jornalismo do 6°período, diz estar animado com a iniciativa, porque considera que a prática imersiva será muito útil para praticar a fala antes do Global July. ‘’Será uma boa oportunidade para me ajudar a sentir mais confortável com idiomas estrangeiros, pois compreendo melhor do que falo.” A outra questão abordada por Renato é a possibilidade de o conteúdo lecionado ser muito mais aproveitado quando não há a tensão que o idioma estrangeiro pode trazer. “Certamente, esse intensivão vai me ajudar a desfrutar ainda mais dos cursos. Além disso, é sempre bom conhecer mais pessoas interessadas em aprender idiomas e termos oportunidade de falar sobre isso’’.

“Quando se trata de um idioma, mais importante do que compreender, falar e acertar tudo, é praticar e perder o medo de errar’’, afirma Stephanie Chiote, estudante de Jornalismo, que no ano passado participou de dois cursos do Global July, um em inglês e outro em francês. Ela conta que pelo fato de já ter fluência em inglês, sentiu-se à vontade para se comunicar. No de francês, em contrapartida, apesar de se sentir muito insegura no início, aos poucos, foi se ambientando  e sendo motivada pelo professor a fazer perguntas, mesmo cometendo erros.

A discente de Arquitetura e Urbanismo, Maria Fernanda, relembra que um de seus maiores desafios foi a compreensão. A princípio, entender o que professor estava transmitindo foi uma tarefa árdua, segundo a estudante, mas devagar foi se tornando natural. Após o término da aula, percebeu o quanto havia absorvido de conteúdo, o que gerou grande alegria e a motivou a participar cada vez mais das aulas.

‘’Para quem está inseguro, não deixe de se desafiar pois é enriquecedor os cursos do Global July, podemos não entender tudo que está sendo falado, tente pegar o contexto das informações para compreender o que está sendo ensinado! Vale destacar que é uma experiência imperdível de internacionalização!’’ .

 

Para mais informações, entre em contato com nucleo.emredejf@gmail.com