Fechar menu lateral

Luís Alberto Rocha Melo

Foto do professor Luís Alberto Rocha Melo

 

Luís Alberto Rocha Melo é cineasta e professor do Bacharelado em Cinema e Audiovisual, do PPG em Artes, Cultura e Linguagens e do International Master in Cinema Studies (IMACS), no IAD/UFJF.

Mestre e doutor em Comunicação pela UFF. Atualmente desenvolve a pesquisa Historiografia Audiovisual do Cinema no Brasil, financiada pelo CNPq e pela Fapemig, através do grupo de pesquisa Historiografia Audiovisual, do qual é líder.

Trabalha com história e historiografia do cinema brasileiro; direção cinematográfica; processos de criação e produção no cinema independente.

Dirigiu os longas-metragens Um homem e seu pecado (2016), Nenhuma fórmula para a contemporânea visão do mundo (2012) e Legião estrangeira (2011); o média documental O Galante rei da Boca (2004); os curtas de ficção Cinebiogravura (2017) e Que cavação é essa? (2008), além de ensaios experimentais em vídeo produzidos desde 1989.

É um dos autores do livro em dois volumes Nova História do cinema brasileiro, organizado por Sheila Schvarzman e Fernão Ramos (SESC: 2018) e coorganizador, juntamente com Alessandra Brum e Sérgio Puccini, de Cinema em Juiz de Fora (UFJF: 2017).

É autor de diversos capítulos de livros e artigos publicados no Brasil e no exterior.

Lattes (abre em nova janela)

e-mail: rocha.melo@ufjf.edu.br

 

Filmes

Trailer do longa Um homem e seu pecado (2016)

Trailer do longa Nenhuma fórmula para a contemporânea visão do mundo (2012)

Curta Que cavação é essa? (35mm, 2008)

 

Publicações

Das lágrimas à indiferença: o ‘ocaso da vanguarda’ em dois filmes brasileiros (2019)

Historiografia Audiovisual: a história do cinema escrita pelos filmes (2016)

Fazer um filme no Brasil (2014)

 

Projetos

Historiografia Audiovisual do Cinema no Brasil

Minas é Cinema

Cinema em Foco

Pesquisador titular do Acervo Alex Viany