Fechar menu lateral

Museu de Arqueologia e Etnologia Americana

A foto mostra uma visitante observando parte da coleção antropológica do MAEA, na Sala Franz Hochleitner. Na imagem, temos alguns crânios e peças em argila exibidos em expositores. As paredes são ilustradas por imagens e textos didático-informativos sobre o Museu e seu acervo.

A Sala Franz Hochleitner, no Centro de Ciências da UFJF, abriga parte da coleção antropológica do MAEA

 

O Museu de Arqueologia e Etnologia Americana (MAEA) foi criado, em 1987, a partir da doação da coleção arqueológica e antropológica do professor do departamento de História da UFJF, Franz Joseph Hochleitner. A coleção é composta por materiais provenientes da Bolívia, coletados entre 1959-60, como, por exemplo, crânios humanos com deformação artificialmente provocada, pontas de flechas, vasos de argila e ornamentos de metal. Em 1992, foi anexada ao museu a coleção etnográfica da professora Nely Ferreira do Nascimento, com objetos pertencentes a grupos indígenas brasileiros, especialmente da etnia Maxakali.

Atualmente o acervo etnográfico do museu possui mais de 1.000 peças de diversas origens, produzidas com pedra, argila, metal, madeira, bambu, fibras vegetais e plumas, dentre diversos materiais. O acervo também conta com elementos didático-informativos, como cópias de esculturas, instrumentos musicais, gravuras, maquetes, livros, fotografias e vídeos.

O MAEA tem como missão e compromisso a conservação, preservação e divulgação das coleções antropológica, arqueológica e etnográfica, através da celebração de parcerias, numa perspectiva colaborativa, com vistas a estabelecer vínculos para a recuperação, reelaboração ou construção de referências para uma memória coletiva que fundamenta o reconhecimento e compartilhamento de identidades culturais.

Em julho de 2017, foi inaugurada no Centro de Ciências da UFJF a Sala de Arqueoastronomia Franz Joseph Hochleitner, uma homenagem ao pesquisador e fundador do MAEA que mantém exposição permanente de parte de seu acervo.

Site: www.ufjf.br/maea