Com a volta gradual das atividades presenciais, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) reforça que todas as pessoas vinculadas à instituição devem contar um novo companheiro de rotina: o Busco Saúde, um aplicativo de automonitoramento que permite o rastreio, de forma rápida e atualizada, de casos suspeitos e confirmados de Covid-19. Confira nessa matéria como fazer o registro na plataforma, como utilizá-la diariamente e de que forma ela opera quando você – ou quando alguém que convive presencialmente com você dentro da Universidade – informa que está com suspeita ou com diagnóstico confirmado de Covid-19. 

Quem precisa usar o Busco Saúde?
Principalmente quem frequenta ou voltará a frequentar, presencialmente, o campus sede ou o campus avançado. A plataforma é voltada para todos os estudantes, professores, técnico-administrativos em educação (TAEs) e terceirizados da UFJF.

É necessário usar todos os dias?
Sim, o ideal é atualizar diariamente. A maior urgência é em casos de sintomas suspeitos, de contato com alguém que estava com Covid-19 e/ou de confirmação do diagnóstico do coronavírus. Essas atualizações são importantes para preservar, o mais rápido possível, o maior número de pessoas. Então, é preciso que o Busco Saúde se torne parte da rotina durante esse período em que a pandemia ainda persiste.

O que acontece quando informo ao Busco Saúde que estou com suspeita ou com a confirmação de Covid-19?
Assim que você registrar essa suspeita ou confirmação no aplicativo, a equipe do Busco Saúde entrará em contato. “Conversamos com a pessoa e fazemos o levantamento de sintomas, dos ambientes que ela frequentou nos últimos dias e com quem ela entrou em contato. Caso ela tenha entrado em contato com outras pessoas que são da Universidade, realizamos o protocolo de rastreio e ligamos para essas pessoas; caso alguma delas também tenha sintomas ou diagnóstico confirmado por teste, a Universidade determina que essas pessoas com casos confirmados cumpram uma quarentena de dez a 14 dias, dependendo da situação”, explica a coordenadora geral do Busco Saúde, Priscila Capriles. Ela afirma que a equipe, composta por estudantes de Medicina e Enfermagem, capacitados e acompanhados por profissionais, segue entrando em contato diariamente durante o período de quarentena para saber como está a evolução ou a regressão dos sintomas.

“No início dessa quarentena, a equipe do Busco Saúde emite uma declaração, reconhecida pela UFJF, que serve como validação, junto a todas as instâncias da Universidade, de que aquela pessoa precisará se ausentar por motivo de infecção de Covid-19. Já no final do período de quarentena, após a pessoa passar mais de 24 horas sem sintomas, é emitida outra declaração, também validada pela UFJF, que garante que ela pode retornar para as atividades presenciais da Universidade.”

De que outras formas posso entrar em contato com a equipe?
De segunda a sexta-feira, de 8h às 18h, é possível tirar dúvidas por meio do telefone (32) 2102-6342 (que também funciona como Whatsapp), pelo e-mail buscosaude.cat@ufjf.edu.br e pelo site oficial da plataforma.

Então tá: como utilizar o Busco Saúde? Existe aplicativo para celular?
Você pode se cadastrar no Busco Saúde de forma inteiramente on-line (clique aqui para acessar o link direto), por meio de um navegador de internet no computador ou no celular. No caso do acesso por este último, você tem a opção de instalar o sistema como um aplicativo no seu celular. O vídeo abaixo demonstra, em menos de um minuto, como fazer isso. Confira, logo depois dele, o passo a passo para o cadastro e a utilização do Busco Saúde.

A equipe responsável pela plataforma disponibiliza um manual de uso detalhando as instruções para o registro no Busco Saúde e a realização do automonitoramento. Veja uma reprodução abaixo. Clique aqui para acessar o link do sistema e realizar o cadastro seguindo as informações a seguir:

Fonte: Busco Saúde

Confira também:

Mais informações:
Telefone e WhatsApp: (32) 2102-6342 (segunda a sexta-feira, das 8h às 18h)
buscosaude.cat@ufjf.edu.br
Site oficial do Busco Saúde