Fechar menu lateral

Informações gerais

jardimbotanico_UFJF_foto_AlexandreDornelasUFJF

Jardim Botânico da UFJF é um remanescente de Mata Altântica em plena área urbana  (Foto: Alexandre Dornelas/UFJF)

O Jardim Botânico da Universidade Federal de Juiz de Fora é um grande fragmento florestal de Mata Atlântica, onde, por meio de ações de educação ambiental, visitantes terão a oportunidade de trocar saberes sobre a sociobiodiversidade. Neste espaço de harmonia e beleza, o visitante terá contato com mais de 400 espécies nativas a Mata Atlântica e poderá compreender seus usos, suas relações ecológicas e dimensões culturais.

A visitação é gratuita e aberta ao público em geral.

 

Horário de visitação
De terça a domingo, das 8h às 17h, com última entrada de visitantes às 16h.

Fechado às segundas e feriados.

Não há agendamento de visita.

Entrada gratuita


Funcionamento na Copa do Mundo

Nos dias de jogos do Brasil, o Jardim Botânico funcionará da seguinte forma, conforme orientações do Ministério da Economia e da UFJF:

– Nos dias em que os jogos ocorrerem às 12h, não haverá abertura

– Nos dias em que forem às 13h, o Jardim fecha às 11h

– Nos dias em que houver partida às 16h, o fechamento será às 14h


Limite de entrada
Entre as medidas de preservação e conservação do Jardim Botânico, que é um remanescente de Mata Atlântica, bem como de biossegurança, em período de pandemia, foi estabelecido limite de presença simultânea de 500 visitantes no Jardim. Ou seja, quando o total de 500 pessoas for alcançado, será necessário esperar até que visitantes saiam para que novos possam entrar.

 

O que visitar

O visitante tem à disposição:

–  Ambiente natural em meio à Mata do Krambeck

–  Trilha da Juçara

–  Dois lagos com deck

–  Oportunidade de observar e conhecer a flora e a fauna locais

–  Casa-sede com exposição permanente de pinturas sobre aves da Mata do Krambeck, linha do tempo sobre a história do Jardim Botânico e mostra temporárias (consulte dias e horários de funcionamento na portaria do Jardim ou nas redes sociais)

– Laboratório Casa- Sustentável: o visitante percorre os cômodos da casa, percebe mudanças de iluminação, temperatura e outros aspectos da arquitetura bioclimática, conforme tipo de piso, disposição de janelas e mais arranjos (consulte dias e horários de funcionamento na portaria do Jardim ou nas redes sociais)

–  Bromeliário e orquidário 

Conheça mais detalhes do que o Jardim oferece ao visitante (abre nova aba)


Orientações

Por estar localizado em meio à mata e para que sua visita ocorra de acordo com as premissas sustentáveis do Jardim Botânico, leia, por favor, as recomendações para visitação (abre nova aba).

 

Como chegar

O acesso de visitantes ao Jardim Botânico é exclusivo pela Rua Coronel Almeida Novais s/n, no Bairro Santa Terezinha. A área está localizada em meio à Mata do Krambeck, um remanescente de Mata Atlântica.

Não há estacionamento no Jardim Botânico. Há opções privadas nos arredores. O Jardim dispõe de bicicletário com dez baias para guardar a bicicleta com cadeado trazido pelo usuário. Todo o percurso interno é realizado a pé.

 

Acesso de ônibus
Duas linhas de ônibus urbanos param próximo da entrada do Jardim Botânico: são a 111 e a 112 – Santa Terezinha/Mundo Novo. Pare no ponto final da linha. Consulte o itinerário dos ônibus (abre nova aba) ou baixe o aplicativo Citta Mobi (abre nova aba), conveniado à Prefeitura de Juiz de Fora.

 

Acesso de carro
Para quem vem do Centro ou da Zona Norte, pela Avenida Brasil ou ponte do Bairro Santa Terezinha, entre no bairro pela Rua Rui Barbosa. Vire na quarta à esquerda, entrando na Rua Santa Terezinha. Siga por ela até o fim e vire à direita, na continuidade com a Rua Coronel Almeida Novais. A entrada do fica perto da esquina.

 

Acessibilidade
A acessibilidade no Jardim, por enquanto, é reduzida. O caminho principal e as trilhas são de terra, naturais. Em períodos de chuva, há poças d’água e pode haver lama. Uma das vias que levam à casa-sede é de paralelepípedo irregular (pé de moleque).