Fechar menu lateral

Certificação

OBSERVAÇÕES:

DURANTE AS SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES PRESENCIAIS NA UFJF EM FUNÇÃO DA PANDEMIA DA COVID-19, ESTE SERVIÇO SERÁ OFERECIDO APENAS REMOTAMENTE.

TRADUÇÕES/VERSÕES  EM OUTRAS LÍNGUAS QUE NÃO INGLÊS E/OU ESPANHOL NÃO SERÃO CERTIFICADAS.

SE OS LINKS NÃO ESTIVEREM FUNCIONANDO AO CLICAR SOBRE ELES, CLIQUE COM O BOTÃO DIREITO DO MOUSE E ESCOLHA “ABRIR EM OUTRA GUIA”.

 

1 – DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E ESCOPO

 

          1.1 – Definição

O serviço de certificação corresponde à revisão de traduções e versões de documentos, atestando que o conteúdo traduzido equivale ao texto apresentado. A certificação não confere ao documento-fonte, nem à sua tradução ou versão, o caráter de original.

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI-UFJF) oferece à comunidade universitária o serviço de certificação de traduções e versões — em inglês e espanhol — de históricos escolares, diplomas, atestados de matrícula, declarações e outros documentos acadêmicos emitidos pela UFJF, mediante solicitação de alunos, servidores técnico-administrativos e professores, para fins de realização de mobilidade acadêmica internacional e aproveitamento de créditos.

Também tem direito à certificação da tradução do histórico acadêmico o aluno ou ex-aluno cuja universidade de destino exija a certificação da UFJF. Nesse caso, o aluno tem de nos encaminhar a mensagem da universidade que solicita a autenticação da UFJF.

Não são realizadas revisões de documentos de qualquer outra natureza.

 

ATENÇÃO: Não compete à Diretoria de Relações Internacionais a tradução destes documentos, ficando a responsabilidade pela versão do documento em língua inglesa e/ou espanhola por conta da pessoa interessada.

 

          1.2 – Certificação e Tradução Juramentada

A Certificação não substitui a tradução juramentada. Portanto, a orientação da DRI-UFJF é que se cumpra o que é pedido nas situações em que é solicitada a tradução juramentada.

A DRI-UFJF informa à comunidade acadêmica e ao público em geral que não dispõe de tradutores públicos e intérpretes comerciais (juramentados). Esses profissionais são credenciados pelas juntas comerciais de cada estado (JUCEs), mediante concurso específico, cabendo a cada JUCE a devida divulgação dos nomes e contatos dos profissionais legalmente habilitados.

O usuário pode utilizar o serviço de tradutores juramentados sediados e atuantes em qualquer unidade da federação. Segue o link referente ao estado de Minas Gerais: http://jucemg.mg.gov.br/pagina/37/lista-dos-tradutores-publicos-e-interpretes-comerciais (observação: como se trata de um site externo, está sujeito a atualizações pela própria JUCE-MG).

Observação: Estudantes-Convênio (PEC-G e PEC-PG) e refugiados deverão apresentar tradução juramenta de qualquer documento solicitado para matrícula.

 

2 –  DOCUMENTOS CERTIFICADOS

 

          2.1 – Ementas da UFJF

Aos alunos que desejam participar dos programas de Mobilidade Acadêmica, ou outra atividade que necessite de certificação, a DRI-UFJF informa que realizou a tradução para o inglês das ementas mais recentes dos cursos de graduação e pós-graduação da UFJF, dos campi de Juiz  de Fora e de Governador Valadares. As ementas da Graduação que estão disponíveis no link abaixo:

https://www2.ufjf.br/prograd/ementas-traduzidas-3

As ementas da Pós-Graduação devem estar na página dos respectivos programas. Caso não estejam, entre em contato com a PROPP.

 

                    2.1.1 – Instruções para a certificação de ementas:

O aluno deverá salvar todas as ementas traduzidas que necessitam certificação em um único PDF e encaminhá-lo para certifica.dri@ufjf.edu.br informando no corpo de e-mail: nome completo, número de matrícula e nomes das disciplinas com os respectivos códigos.

O arquivo será devolvido ao aluno com uma página anexada confirmando a certificação das ementas traduzidas.

 

          2.2 – Tradução de históricos da UFJF e outros documentos

Só serão certificadas as versões dos históricos traduzidas a partir do histórico emitido pela CDARA, por exigência do próprio setor. Observação: a verificação da tradução de histórico será realizada apenas se for apresentada a cópia em PDF do histórico assinado pela CDARA. Para pedir seu histórico assinado pela CDARA, é necessário fazer a solicitação na Central de Atendimento.

Antes da solicitação do histórico por alunos dos campi de Juiz de Fora e de Governador Valadares, recomendamos a leitura das informações contidas nos links da CAT reproduzidos abaixo:

https://www2.ufjf.br/cat/servicos/graduacao/documentos/historico-escolar

https://www2.ufjf.br/cat/servicos/pos-graduacao/historico-escolar-de-pos-graduacao

https://www2.ufjf.br/cat/servicos/prazos

 

                    2.2.1 – Instruções para a verificação e certificação de traduções

Tenha atenção às orientações fornecidas nos modelos de documentos oferecidos pela DRI-UFJF: a revisão executada visa a corrigir lapsos e aprimorar o texto final. Caso o revisor da DRI encontre muitas inobservâncias às orientações aqui fornecidas, poderá solicitar ao interessado que revise seu trabalho e o submeta novamente, o que aumentará o tempo de atendimento da demanda.

Não altere o layout dos campos dos modelos de documentos da UFJF fornecidos nesta página (item 4), a menos que o mesmo não exista no documento original. Ou seja, se no original não houver um determinado termo ou campo que consta no modelo, o termo ou o campo deverá ser apagado. Essa orientação vale também para outros tipos de documentos. Arquivos fora do padrão ou que se diferenciem do original não serão aceitos para a revisão.

Além disso, não altere informações do texto-fonte. Traduza ou transponha os campos exatamente como figuram no original. Caso o original contenha equívocos, não os corrija na tradução. Por exemplo, se o seu endereço agora é outro, utilize — na tradução — o endereço que consta no texto-fonte, tal e qual o original.

Obedeça, sempre que pertinente e possível, as orientações dadas.

 

                    2.2.2 – Envio da solicitação

O interessado deverá submeter à equipe de revisores da DRI/UFJF as traduções ou versões a serem verificadas e as cópias os documentos originais, esclarecendo se esses são físicos ou digitais.

Se o documento original for digital, reencaminhe também o e-mail da instituição que o enviou. Se a fonte for um sistema que requeira login, o requisitante precisará encaminhar um printscreen das telas e os contatos da instituição responsável pelo acesso ao sistema.

Quanto à tradução, esta deve ser uma versão editável em .doc ou .docx (não envie PDF), sempre acompanhada do texto fonte em formato digital em PDF ou JPG (a imagem deve ser legível e alta resolução).

Os documentos devem ser encaminhados para certifica.dri@ufjf.edu.br.

As verificações são realizadas em até 20 (vinte) dias úteis, salvo em situações de excesso de demanda ou de documentos mais longos. Nesses casos, o prazo para a realização do serviço será informado ao interessado.

 

                    2.2.3 – Ciência do solicitante

Caso ajustes sejam necessários, serão indicadas as alterações que devem ser feitas no documento traduzido, devendo o interessado efetuá-las e reapresentar, pelo mesmo e-mail, o documento original, a primeira versão da tradução, e a versão refeita em .doc, docx (não envie PDF) O ato de devolver o documento significará que o requisitante está ciente das correções e que concorda com elas.

Estando sua forma e conteúdo em total conformidade com os documentos encaminhados, o requisitante receberá um e-mail com arquivo em PDF do documento certificado.

 

                    2.2.4 – Recebimento da certificação

Durante a suspensão das atividades presenciais na UFJF em função do COVID-19, a certificação será feira unicamente de maneira remota. Assim, caso a tradução atenda às orientações dadas, o arquivo será devolvido ao solicitante com uma página anexada confirmando a certificação.

 

3 – DOCUMENTOS DE MOBILIDADE EM PORTUGAL (EM PORTUGUÊS EUROPEU)

Quem participou de intercâmbio (PII-GRAD) em Portugal e necessite da validação de cópia do histórico em português para pleitear equivalência ou aproveitamento na UFJF deverá entrar em contato com os responsáveis pelo programa pelo e-mail intercambio.dri@ufjf.edu.br .

 

4 – MODELOS

Na tradução, é necessário manter um padrão (britânico ou americano) para a ortografia e para as datas, coerente com o país de destino do documento. Essa adequação é de responsabilidade do tradutor do documento.

Se os links não estiverem funcionando ao clicar sobre eles,  clique com o botão direito do mouse e escolha “abrir em outra guia”.

Diploma de graduação (modelo para graduados até 2018)    Inglês  Espanhol 
Diploma de graduação (modelo atual)  Inglês    Espanhol 
Diploma de pós-graduação  Inglês  Espanhol 
Histórico escolar de graduação  Inglês    Espanhol 
Histórico escolar de especialização  Inglês    Espanhol  
Histórico escolar de pós-graduação  Inglês  Espanhol 
Atestado de matrícula com prazo  Inglês    Espanhol 
Atestado de matrícula sem prazo  Inglês  Espanhol 
Ementas não disponíveis em https://www2.ufjf.br/prograd/ementas-traduzidas-3 deverão seguir os modelos: Inglês  Espanhol

Nomes dos cursos Inglês  Espanhol

 

5 – PRAZOS

As verificações são realizadas em até 20 (vinte) dias úteis, salvo em situações de excesso de demanda ou de documentos mais longos. Nesse caso, a DRI informará, por e-mail, o possível prazo ao solicitante.

 

6 – DOCUMENTOS DE INTERCÂMBIO REALIZADO POR CONTA PRÓPRIA (free movers)

Autentificações e demais ações que confiram autenticidades a documentos oriundos de instituições que não pertençam aos programas de intercâmbio da UFJF deverão ser dadas pelo próprio emissor ou por quem lhe for de competência. Para fins de aproveitamento de estudos ou para qualquer tipo de candidatura dentro ou fora da UFJF, os documentos traduzidos de instituições que não fazem parte dos programas de intercâmbio da UFJF deverão ser juramentados.