Fechar menu lateral

Plano de Ensino

Disciplina: CSO103 - AS TRAJETÓRIAS DA MODERNIDADE E O PENSAMENTO POLÍTICO

Créditos: 4

Departamento: DEPTO DE CIENCIAS SOCIAIS/ICH

O curso pretende reler as diferentes trajetórias do pensamento político que forjaram a possibilidade de um
mundo moderno, desde o renascimento até o iluminismo e os impasses pós-iluministas. Sem ser
necessariamente centrado em autores os tópicos da passagem de um mundo tradicional para outro moderno
pode rever reflexões de autores como Maquiavel, Hobbes, Locke, Rousseau, Montesquieu, ou outras matrizes
como os autores da via ibérica para a construção do imaginário moderno, no qual indivíduos são capazes de
subjetivar concepções de mundo que lhes permitem pensar em direitos da pessoa ao mesmo tempo em que o
Estado avança na sua tarefa de centralização e racionalização necessárias a uma sociedade diferenciada.
1. A Modernidade e suas faces na teoria política: emergência e mudanças das tradições;
1.1-O Renascimento e a Razão de Estado;
2- A Reforma Protestante, a Contra-Reforma e suas dimensões Políticas
2.1 o contrato e o e jusnaturalismo;
3. A subjetivação barroca do mundo
4. A sociedade e o homem livre no iluminismo
5. O romantismo político, as revoluções e o coroamento da modernidade
6. Estado e sociedade na perspectiva moderna.
7. A modernidade desencantada na política do século XX.
8. Pós-Modernidade
HOBBES, Thomas. O Leviatã. Trad. João Paulo Monteiro.São Paulo: Abril, 1979.

LOCKE, John; Segundo tratado sobre o governo. Trad. E. Jacy Monteiro.São Paulo: Abril, 1979.

MAQUIAVEL, N. Comentários sobre a primeira década de Tito Lívio. Brasília: UNB.

MAQUIAVEL, N. O Príncipe, Trad. Roberto Grassi. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983.

MONTESQUIEU. O Espírito das Leis. Trad. Fernando Henrique Cardoso. Brasília: UNB, 1982.

ROUSSEAU, Jean Jaques. Do Contrato Social. Trad. Lourdes Campos. São Paulo: Abril,1983.
BALANDIER, Georges. O Contorno: Poder e Modernidade. São Paulo: Bertrand Brasil, 1997.
BARBOZA FILHO, Rubem. Tradição e Artifício – Iberismo e Borroco na Formação Americana. Belo Horizonte:
Ed. UFMG, 2000.
BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e Ambivalência. Rio de Janeiro: Zahar, 1995.
BAUMAN, Zygmunt. O Mal-Estar da Pos-Modernidade. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.
BERMAN Marshall. Tudo que é solido desmancha no ar. São Paulo: Companhia das letras, 2007.
BIGNOTTO, Newton. Maquiavel Republicano. São Paulo: Edições Loyola, 1991.
BOBBIO, Norberto et alli. A teoria das formas de governo. Brasília: UNB, 1980.
BOBBIO, Norberto et alli. Dicionário de Política. Brasília: UNB, 1986.
ELIAS, Norbert. O Processo Civilizador: Formação do Estado e Civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 1990.
GIDDENS, Anthony. As consequencias da Modernidade. São Paulo: Editora da UNESP, 1991.
HABERMAS, Jürgen. O discurso filosófico da modernidade. Lisboa: Publicações D. Quixote. 1990.
HOBBES, T. Do Cidadão. São Paulo: Martins Fontes, 1992.
LÊNIN, Vladimir. O Estado Revolução. São Paulo: Hucitec. 1987
LINDGREN, José Augusto Alves. Os Direitos Humanos na Pós modernidade. São Paulo: Perspectiva, 2005
LOCKE, J. Carta sobre a Tolerância. São Paulo: Abril Cultural, 1984. (Col. Os Pensadores)
LUTERO, Martinho. Sobre a autoridade secular. São Paulo: Martins Fontes,1995.
MARX e ENGELS. Manifesto do partido comunista. São Paulo: Martin Claret, 2008.
MARX e ENGELS. A Ideologia Alemã. Lisboa: Editorial Presença.
MARX e ENGELS. O 18 de Brumário. São Paulo: Martin Claret, 2008.
MERQUIOR, J. G. O Liberalismo – Antigo e Moderno. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1991.
Plano de Ensino
CSO103 - AS TRAJETÓRIAS DA MODERNIDADE E O PENSAMENTO POLÍTICO
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
MONTESQUIEU. O Espírito das Leis. São Paulo: Abril Cultural, 1984.
PELUSIO, Luis Alberto. O projeto da modernidade no Brasil. São Paulo: Papirus, 1994.
RIBEIRO, Renato Janine. Ao Leitor sem Medo. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1999.
ROUSSEAU. Discurso sobre a origem das desigualdades. São Paulo: Abril Cultural, 1984.
SCHUMPETER,Joseph. Capitalismo, Socialismo, Democracia. Rio de Janeiro: Zahar,1984.
SOUZA, Jessé . A Modernização Seletiva: uma Reintegração do Dilema Brasileiro. Brasilia: UnB, 2000. 276 p.
SKINNER, Quentin. Maquiavel, pensamento político. São Paulo: Brasiliense, 1988.
SKINNER, Quentin. As Fundações do pensamento político moderno. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
TOURAINE, Alain. Critica da Modernidade. São Paulo: Instituto Piaget, 1994.
WEBER, MAX. Economia e Sociedade. Brasília: UNB, 2009.
WEBER, MAX. Ensaios de sociologia. Santos: LTC, 2002.