Fechar menu lateral

Novo formato do Seminário de Iniciação Científica

Estamos apresentando à comunidade universitária da UFJF um novo formato do Seminário de Iniciação Científica, submetido à apreciação e aprovação em nosso Fórum de Pesquisa. Nos últimos anos estas apresentações reduziram-se somente aos banners, em que o aluno produzia o material, o expunha num dia e hora determinados e, durante um dia inteiro, esperava a avaliação do consultor junto ao seu orientador. Terminava ali a apresentação e sua eficácia- enquanto comunicação científica- se inscrevia dentro do universo da universidade, ou seja, somente entre os produtores e receptores das pesquisas, ainda assim com alcance limitado. Outros problemas de ordem prática se apresentavam. A infraestrutura saía muito onerosa além de difícil operacionalização, uma vez que a instituição administra mais de 800 bolsas em aproximadamente 600 projetos. 

Por outro lado, vivemos uma nova era, marcada pela tecnologia, ampla disponibilização e circulação de informações por meio das redes sociais. As últimas gerações já nasceram sob esse novo modelo de comunicação social. Esses fatores, conjuntamente, nos motivaram a desenvolver outras iniciativas. Observamos esse movimento em outras universidades também, com bons resultados (UFSC e UFRN) e resolvemos criar nosso próprio modelo de avaliação da IC, que ora apresentamos à nossa comunidade científica. Ele vai se dar em duas etapas, com uma primeira por meio da apresentação  de vídeos, ou seja, utilizando a mídia, especialmente o canal Youtube. Cada vídeo será analisado remotamente por avaliadores externos – bolsistas de produtividade do CNPQ – de diversos estados brasileiros, projetando a UFJF no contexto nacional. A nota do aluno será uma média das duas avaliações. Ainda haverá uma “brincadeira” própria da geração dos mais jovens que consistirá em algum tipo de premiação para quem conseguir conquistar mais “likes”, potencializando a divulgação dos trabalhos. Haverá ainda uma segunda etapa presencial, com apresentação oral dos trabalhos indicados – 12 por cada grande área do conhecimento. Esta etapa contará também com a presença de avaliadores externos junto ao nosso próprio comitê PIBIC-CNPQ. Nesta etapa os melhores trabalhos serão premiados. 

Acreditamos que este é um modelo mais sustentável, ao economizar recursos institucionais em um momento de dificuldades orçamentárias. Constitui-se também em um modelo capaz de produzir uma divulgação científica mais ampla, ajudando a criar condições para um movimento importante em nossa sociedade que é o da alfabetização científica por meio da popularização da ciência. Soma-se a essas questões o papel da universidade como o locus em que se produz esse conhecimento transformador, seja através da iniciação científica, como da pesquisa nos laboratórios e programas de pós-graduação.

Consulte o regulamento no:

http://www.ufjf.br/semic/regimento/

 Consulte o vídeo tutorial:

 http://www.ufjf.br/propp/2017/09/01/video-tutorial-para-elaboracao-dos-videos-para-o-semic/

Caso se interesse em ver alguns exemplos de vídeos do seminário de IC da UFSC você pode encontrar em:

https://www.youtube.com/results?search_query=SIC+UFSC