Fechar menu lateral

Horário 2023.1

QUADRO DE HORÁRIOS DO CURSO DE CINEMA E AUDIOVISUAL, 2023.1(v.160123)
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta
BIAD (66A) ART219A – Cinema e Diálogos (14-18), Dourado, sala 208
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
2º Ciclo (66B), 1º período ART281A, Hist. e Est. Cinema II (18:30 – 22:30),Christian, sala 210 ART321A, Cinema Brasileiro I (18:30-22:30), Luis, sala 210 ART319A, Roteiro (18:30-22:30), Sérgio, sala 106 ART316A, Teoria do Cin. e AV I (18:30-22:30), Reyna, sala 210 ART315A, Prod. e Economia da Cultura  (18:30-22:30), Alessandra, sala 208
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
2º Ciclo (66B), 3º período ART287A, Direção: teoria e prática (18:30-22:30), Henrique (DT), sala  106 ART317A, Animação:teoria e prática (18:30-22:30), Dourado, sala 204 ART313A, Som: teoria e prática (18:30-22:30), Lúcio, sala 211
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Curso Novo (97A) , 1º período ART386B, Fotografia Instrumental (8:00-12:00), Rogério, sala 204 ART387C, Vídeo Instrumental (8:00-12:00), Rogério, sala 204 ART376C, Arte e História I (14-18), Renata, sala 106
ART280A, Hist. E Est. Cinema I, (18:30-22:30), Christian, sala 211 ART285B, Análise Filmica: metodologia e prática (18:30-22:30), Reyna, sala 211
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Curso Novo (97A),  3º período ART498A Tópicos em Cinema e AV IV, Thales (MD), 14-18, sala 208 ART378C, Arte e História III (14-18), Gilton (PD), sala 106 ART219A – Cinema e Diálogos (14-18), Dourado, sala 208 ART382A, Cineclube Movimento (15-18) *, Junior e Alessandra, no Museu Murilo Mendes**
ART316B, Teoria do Cin. E do AV I (18:30-22:30), Junior, sala 208 ART320A, Documentário (18:30-22:30), Sérgio, sala 208
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Curso Novo (97A), 5º período ART287B, Direção: teoria e prática, 18:30-22:30, Luis, sala 106 ART496A Tópicos em Cinema e AV II Monique (DT), (18:30-22:30), sala 208 ART313B, Som:teoria e prática (18:30-22:30), Lúcio, sala 211 ART322A, Cinema Brasileiro II, (18:30-22:30), Junior, sala 106
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado
Curso Novo (97A), 7º período ART492A TCC, todos os professores, (8-10)
* a carga horária do curso é composta por 3 horas de atividades presenciais e sincrônicas e mais 5 horas de horário livre.
** os encontros presenciais da disciplina acontecem fora do IAD (no Museu Murilo Mendes)

No semestre 2023.1, as disciplinas de Tópicos em Cinema e Audiovisual abordarão pesquisas em andamento no Programa de Pós-Graduação em Artes, Cultura e Linguagens. As ementas e conteúdos são os que seguem:

ART498A Tópicos em Cinema e Audiovisual IV, ministrado pelo mestrando Thales Eduardo Martins

Levando-se em consideração que o cinema na década de 1960 e os jogos eletrônicos hoje estão inseridos em contextos colonialistas – pois, normalmente, as estruturas de criação, de venda e de consumo são planejadas e desenvolvidas no exterior – a disciplina pretende investigar durante o semestre se um videogame independente brasileiro, com largo diálogo com o filme Deus e o diabo na terra do sol, pode reproduzir um discurso de vanguarda. Para isso, vamos analisar se os jogos eletrônicos podem revitalizar, de alguma maneira, a proposta utópica da década de 1960 presente nas artes e no cinema moderno, ou se o significado deles está resumido e inerte em suas características industriais e mercadológicas.

Conteúdo programático (em tópicos, não em dias de aula):

PARTE 1

MODERNISMO Origem do modernismo nacionalista, a busca pela brasilidade e a

antropofagia

→ As vanguardas europeias e como elas influenciaram o Modernismo no Brasil

→ Os Sertões

→ O Modernismo tardio do cinema brasileiro

PARTE 2

O CINEMA DA AMÉRICA LATINA Cinema sob viés anti-imperialista pautado pelo cinema

latino-americano

→ Movimento na América Latina de rompimento total com o primeiro cinema

O CINEMA NOVO E GLAUBER ROCHA

→ Os condenados da terra de Franz Fanon

→ Cinema Novo / Glauber Rocha / Estética da fome / Deus e o diabo na terra do sol

→ ANÁLISE de Deus e o diabo na terra do sol – assistir à entrevista de Ismail Xavier na sessão

de conteúdo extra do DVD do filme

PARTE 3

A QUESTÃO COLONIAL

→ As definições de colonial, neocolonial, decolonial, pós-colonialismo, etc.

→ A história dos videogames e do cinema pelo viés colonial: COMO OS JOGOS E O CINEMA

REFLETEM O COLONIALISMO?

VIDEOGAMES

→ O Cinema Novo e os jogos independentes?

→ Teoria de jogos

→ ANÁLISE de Arida: Backland’s Awakening

 

 

 

ART496A Tópicos em Cinema e Audiovisual II, ministrado pela doutoranda Monique Alves de Oliveira

A disciplina pretende abordar procedimentos e métodos de construção de personagens em ficções e documentários do cinema brasileiro contemporâneo. Para isso serão analisados filmes brasileiros que tematizam o trabalho industrial observando, sobretudo, a representação das operárias nas cenas. O foco será, a partir desses filmes, conceituar e sistematizar alguns desses métodos e procedimentos empregados.

Conteúdo Programático (tópicos):

  • A construção de personagens no documentário brasileiro contemporâneo:

1) Os gestos do trabalho: a colheita do algodão e a guerra.

2) A entrevista: relato, escuta e participação da direção.

3) A captação dos espaços internos: a casa da trabalhadora e a fábrica.

4) Família em cena: os enquadramentos domésticos como estética do filme.

5) Além do portão da fábrica: a praia, o parque, o sindicato e o clube.

  • A construção de personagens na ficção brasileira contemporânea:

6) O corpo feminino, a máquina e o som da fábrica.

7) A tensão entre protagonista e coadjuvante.

8) Esterilidade e morte no ambiente fabril.

9) Enclausuramento da personagem e desenlace negativo.