Fechar menu lateral

Plano de Ensino

Disciplina: PSI227 - CORPO E PSICANÁLISE

Créditos: 4

Departamento: DEPTO DE PSICOLOGIA /ICH

A disciplina problematiza a separação cartesiana entre o psíquico e o somático e aprofunda o lugar do corpo na teoria e na clínica psicanalítica.
Unidade 1
Como a palavra afeta o corpo?
- Psicanálise: a última flor da medicina
- A conversão
- Não há narcisismo sem eu
Unidade 2
O corpo não é um só
- O estágio do espelho em Lacan
- O objeto a e sua importância na constituição de um corpo
- O corpo nas estruturas clínicas
Unidade 3 – O corpo na clínica
- Não há sintoma sem corpo
- A angústia se expressa no corpo
- A pulsão, as compulsões
Alberti & Ribeiro, M. A. C. (2004). Retorno do exílio: o corpo entre a psicanálise e a ciência. Contra Capa: Rio de Janeiro.
Freud, S. (1996). Obras completas ESB, Rio de Janeiro: Imago.
Freud, S. (1914) “Sobre o narcisismo – uma introdução”, v. XIV.
Freud, S. (1914a) “A história do movimento psicanalítico”, v. XIV.
Freud, S. (1915) “As pulsões e suas vicissitudes”, v. XIV.
Freud, S. (1926[1925]) “Inibição, sintoma e angústia”, v.XX.
Lacan, J. (1949) “O Estádio do espelho como formador da função do eu”. In: Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1998, p. 96- 103.
Oliveira, R.A. S. (2008). A invenção do corpo nas psicoses: impasses e soluções para o aparelhamento da libido e a construção da imagem corporal. Tese de doutorado – Universidade Federal do Rio de Janeiro.