Fechar menu lateral

Plano de Ensino

Disciplina: CSO094 - ESTUDOS CULTURAIS

Créditos: 4

Departamento: DEPTO DE CIENCIAS SOCIAIS/ICH

O curso visa introduzir os alunos no universo conceitual, temático e metodológico da antropologia social através de temas relevantes no debate sobre as transformações recentes da sociedade brasileira. Para isso, primeiramente serão apresentados os grandes núcleos temáticos que conformam o campo da disciplina – atingindo uma visão abrangente da complexidade e da diversidade de seus objetivos – por meio de uma discussão sobre a alteridade, a diversidade, o etnocentrismo e o relativismo cultural. Em seguida, o foco do curso será problematizar a noção de cultura presente tanto nas reflexões da teoria antropológica quanto em outras cenas intelectuais, como os estudos sobre a comunicação de massa.

Unidade I – O encontro com o outro: as diferenças culturais em xeque


1ª sessão: Apresentação: O que é a antropologia?

Apresentação dos objetivos e expectativas em relação ao curso, do cronograma, da bibliografia e formas de avaliação; debate inicial sobre a formação do pensamento antropológico nas ciências humanas.
2ª sessão: Etnocentrismo X Relativismo
3ª sessão: A experiência da diferença
4ª sessão: Etnocentrismos e racismos à brasileira
5ª sessão: A diferença distante
6ª sessão: A diferença próxima
7ª sessão: Avaliação I
8ª sessão: Baixa cultura, alta cultura
9ª sessão: Seminários I
10ª sessão: A questão da globalização
11ª sessão: Perdendo a identidade?
12ª sessão: Seminários II
13ª sessão: Avaliação II
14ª e 15ª sessões

CLASTRES, Pierre. Arqueologia da Violência. (capítulo 3: “O ponto alto da excursão” e capítulo 4: “Do etnocídio”)
MINNER, Horace. O ritual do corpo entre os sonacirema. (tradução para fins didáticos)


BOHANNAN, Laura. Shakespeare na Selva. (tradução para fins didáticos)
SEYFERTH, Giralda. A invenção das raças e o poder discriminatório dos estereótipos. (Revista Anuário Antropológico, número 93)

EVANS-PRITCHARD, Edward. Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande. (capítulo 1: “A bruxaria é um fenômeno orgânico e hereditário”, capítulo 2: “A noção de bruxaria como explicação de infortúnios”, capítulo 3: “As vítimas de infortúnios buscam os bruxos entre os inimigos” e capítulo 4: “Os bruxos têm consciência de seus atos?”)

VELHO, Gilberto. A Utopia Urbana. (capítulo 2: “O prédio”)


VELHO, Gilberto. Antropologia Urbana: cultura e sociedade no Brasil e em Portugal (capítulo 1: “Os mundos de Copacabana”)

1ª avaliação – prova escrita em sala de aula

GANS, Herbert J. Cultura popular e alta cultura: uma análise e avaliação do gosto. (capítulo 2: “Uma análise comparativa da cultura popular com a alta cultura”)


Apresentação da primeira parte dos seminários pelos grupos da turma
HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. (capítulo 1: “A identidade em questão”, capítulo 4: “Globalização” e capítulo 5: “O global, o local e o retorno da etnia”)

MIZRAHI, Mylene. Indumentária funk: a confrontação da alteridade colocando em diálogo o local e o cosmopolita. (Horizontes Antropológicos, v.13, n. 28)
Apresentação da segunda parte dos seminários pelos grupos da turma
2ª avaliação – prova escrita em sala de aula
Resultados, avaliação do curso e segunda chamada